loader image

Festeja Tradição Mineira: imagens do projeto serão difundidas em seção especial da Minas NINJA

por | jan 27, 2024

Foto: Tássio Lopes / Minas NINJA

Festeja Tradição Mineira. A grandiosidade e diversidade de um estado que revela a força e potência que nasce do interior do Brasil.

Reconhecer a importância das vivências, dos saberes, das expressões e das tradições culturais das mais diversas regiões do estado esse é o foco do Festeja Tradição Mineira desde seu início em 2020. 

Nascido em meio a pandemia da Covid-19, o Festeja promoveu a exposição virtual composta por centenas de obras de artistas mineiros que registraram as manifestações culturais da tradição de Minas Gerais. A ampla exposição foi projetada em diversas cidades do país. Foi realizada também uma seleção de fotografias de dez artistas até estão disponíveis permanentemente no site do Festeja Tradição Mineira.

De 2020 até 2023 o projeto continua nas redes do Minas NINJA, através de coberturas colaborativas de todo o estado. 

Empenhado em preservar esses bens como verdadeiros patrimônio cultural valendo-se de novas tecnologias e formatos para promover essa valorização, em 2024 o Festeja Tradição Mineira continua como novo quadro do Minas NINJA, resgatando o histórico de Festejos e Tradições de Minas Gerais.

Foto: Tássio Lopes / Minas NINJA

O novo quadro contará sobre a diversidade de cada  festa, festividade, grupos, danças, folguedos e ritos que se misturam, integram e revelam nossa raíz identitária e a força ancestral que tem Minas Gerais. 

Nosso intuito é de celebrar e reviver a beleza dessas tradições através de uma exposição fotográfica e audiovisual, de pessoas de todas os cantos de nosso estado.

Para iniciar, o Festeja Tradição Mineira irá contar sobre a Festa do Reinado e Cavalhada de Passos, que completou em 2023, 188 anos.

– Onde acontece (cidade) 

Passos – Sudoeste de Minas. Desde 1835.

– Data

De 25 de dezembro a 1 de janeiro

– Comunidade que realizadora

Associação Passense dos Ternos e Congo e Moçambique (APTM). Diversos grupos de ternos e irmandades religiosas da cidade mantém a tradição desde sua origem datada em 1835. 

– Significado

O Congado tornou-se uma das celebrações mais fortes manifestações da cultura afro-brasileira no município, unindo tradições africanas aos elementos bailados e representações populares com características luso-espanholas e indígenas. 

A festa não apenas homenageia os santos e a espiritualidade, mas também traz à tona a história de luta, resistência e liberdade dos africanos escravizados que contribuíram para a formação da cultura local.  

– O percurso e os ritos 

No primeiro dia de Festejo (25) as irmandades levantam os mastros dos seis santos Reis que serão louvados. Cada dia é regido por um rei, onde cada irmandade fica a seu serviço. 

As bandeiras são hasteadas primeiramente na Capela de Nossa Sra. da Penha. As irmandades e cavalhadas percorrem a cidade até a Paróquia de São Benedito para o segundo momento onde os mastros são hasteados. 

Nossa Senhora do Rosário é louvada dia 26 de dezembro, seguida de São Domingos (27), São José (28), São Benedito (29), Santa Efigenia e (30)

Menino Jesus. No dia 31 a Festa se encerra com a descida de todos os mastros pelas irmandades. 

Do dia 26 ao dia 28 os Festejos e louvores são ancorados pela irmandade de Nossa Senhora do Rosário no Santuário de Nossa Senhora da Penha e do dia 29 a 31 pela irmandade de São Benedito na Igreja de São Benedito. 

– Tradição

Registrado como bem cultural imaterial, por meio do decreto municipal n°1951/2020. A Tradição Congada de Passos é mais antiga que a própria história da cidade. 

Atualmente, está sendo estudada pela UEMG a sua origem que provavelmente é nascida de quilombos ainda desconhecidos ou não registrados.

VOLTAR